Utilizando Mapas Estratégicos para ilustrar o valor do capital humano

10-12-2016

Às vezes, a melhor maneira de trabalhar é fazendo o mais simples. Quando as coisas ficam muito complexas, elas podem ficar muito incomodas. Quando elas são de difícil controle, as pessoas podem ficar confusas, o trabalho contraditório, e às vezes simplesmente desistir porque as coisas parecem muito difíceis. A arte da simplicidade tem tudo a ver com desenvolvimento de mapas estratégicos. Os mapas estratégicos são meios gráficos de expressar as relações entre as partes e as atividades de uma organização. Estas imagens, diagramas, gráficos ou outros recursos visuais fornecem clareza e mostram como ações individuais se integram com o todo.

A versão clássica de mapas estratégicos, de autoria do Drs. Robert Kaplan e David Norton, inventores do Balanced Scorecard, contêm quatro elementos:

1) Financeiro: Representa objetivos econômicos de uma organização - maior receita, rentabilidade, liquidez, ou custos.

2) Clientes: Examina como uma organização quer ser vista aos olhos de seu cliente (por exemplo, de alta qualidade, excelente serviço, ágil, confiável, exclusivo, etc.). Esta imagem quase se torna uma promessa de marca. O que é projetado torna-se o que os clientes esperam, e a empresa deve ser capaz de cumprir essas ideias para seus clientes. A capacidade de fazê-lo é determinado por suas operações internas.

3) As operações internas: Define processos e sistemas que ajudam a dar-lhe uma vantagem competitiva de trabalho na organização. Obviamente a imagem do cliente da FedEx é percebida através de sua garantia de entrega rápida e dentro do prazo, mas o seu sistema logístico deve ser capaz de fazer isso acontecer. O software de inteligência de clientes da Amazon parece sempre saber o que os clientes podem querer e faz boas sugestões. A capacidade da CarMax para encontrar um veículo que cada comprador de carro usado quer é outro exemplo.

4) Aprendizagem & Crescimento: Este é o lugar onde o RH ou pessoas destacam-se entre outros ativos. Como os talentos das pessoas devem estar alinhados para apoiar a empresa de forma global e seus objetivos? Aprendizagem e Crescimento é onde os planos de capital humano são exibidos. Pode ser através de uma cultura de inovação ou da gestão de riscos. Poderia ser através da forma como o sistema de remuneração é utilizado para motivar o desempenho dos colaboradores, ou através da forma como a organização desenvolve as competências dos mesmos.

Como os profissionais de RH podem deixar a sua marca

Os mapas estratégicos ajudam a mostrar as conexões entre os planos, ações e atores que estão operando em conjunto para produzir resultados organizacionais - eles mostram os blocos de construção para o sucesso organizacional. Uma rápida pesquisa no "Google" vai render muitos exemplos. A partir da parte inferior e construção para cima, mapas estratégicos mostram o valor do alicerce do capital humano. Eles comunicam a criticidade do que os colaboradores sabem e são capazes de fazer, e sua importância para as organizações.

Sistemas internos são projetados para apoiar as atividades dos colaboradores para que as organizações possam oferecer o tipo certo de valor para os clientes e a empresa possa alcançar suas metas financeiras ou econômicas. A beleza e a simplicidade destes Mapas Estratégicos é que eles mostram claramente as ligações de causa e efeito.

Em seu artigo, "A Organização Orientada para a Estratégia" Kaplan e Norton relatam que, "Apenas 7% dos trabalhadores compreendem plenamente as estratégias de negócios de sua empresa e o que se espera deles, a fim de ajudar a alcançar os objetivos."Como pode o trabalhador do conhecimento de hoje executar o seu melhor se eles não entendem por que seu trabalho é importante? O ponto mais importante a observar aqui é que todo o sistema não funciona se a parte das pessoas não funcionar bem. Este é o lugar onde os profissionais do RH estratégico pode deixar a sua marca.

Os Departamentos de Recursos Humanos podem demonstrar o seu valor para as organizações, garantindo que suas atividades estejam alinhadas, conectadas, e deliberadamente ligadas às operações internas da empresa, as necessidades dos clientes, e as metas da organização de uma forma padronizada. Os mapas estratégicos fazem essas conexões explícitas.

Ilustrando o sucesso com mapas estratégicos

Se o Mapa Estratégico não puder demostrar como o Capital Humano se encaixa no quadro maior, então este ponto cego minará a importância e o potencial da função de RH. Profissionais de Recursos Humanos devem aproveitar o potencial do Capital Humano e alinhá-los aos objetivos da organização. Esses departamentos devem conquistar o seu lugar nas organizações e serem capaz de articular claramente as ligações.

Uma imagem vale mais que mil palavras e devemos aprender o valor dos Mapas Estratégicos. Esta é uma ferramenta que deve ser encontrada na maleta de ferramentas de todos os estrategistas de RH. Vamos aprender a utilizar os mapas estratégicos e nos comunicar como as várias funções de RH, programas e serviços implantados para abastecer os objetivos de Aprendizagem e Crescimento das organizações com foco na estratégia.


Artigos Relacionados ao tema:

Precisa de apoio para implantar um gestão efetiva de desempenho? Fale conosco!